Diferenças entre o Churrasco Brasileiro dos Argentinos

Brasil e Argentina têm um uma paixão em comum: o churrasco. Mas não pense que ao viajar para algum de nossos vizinhos, você participará de eventos semelhantes aos daqui. Listamos as principais diferenças entre churrascos nos dois países. Quem sabe você não se inspira em algum deles para fazer uma reunião diferente!

METÓDO DE ASSAR A CARNE

Argentina: grelha

Brasil: grelha ou espeto

Por aqui, nosso churrasco é feito em grelhas ou, dependendo do caso (e das carnes), no espeto. Já os argentinos não são muito adeptos de espetos, preferindo usar somente a grelha.

O QUE USAM PARA FAZER O FOGO

Argentina: lenha ou carvão

Brasil: carvão

Seja feito de acácia negra, eucalipto, briquete ou bambu, o carvão ainda é a forma mais utilizada para fazer fogo no Brasil. Já nossos hermanos usam também a lenha que, apesar de exigir um pouco mais de cuidado por parte do churrasqueiro, oferece um excelente sabor à carne.

QUAL O TIPO DE SAL?

Argentina: entrefino

Brasil: grosso

Com granulação que varia entre o sal de mesa e o grosso, o sal entrefino (ou sal parrillera) é o usado em churrascos Hermanos. Esse condimento se espalha pela carne de forma mais uniforme. Já por aqui, o sal grosso é o campeão por causa das explosões de salinidade e crocância causada pelos seus cristais.

ANTES DO CHURRASCO

Argentina: empanadas e provolone grelhado

Brasil: queijo coalho e pão de alho

Bastante populares nos eventos brasileiros, o pão de alho e o queijo coalho fazem muito sucesso. Já os hermanos optam por dois clássicos: a provoleta (provolone grelhado) e a famosa empanada.

PRIMEIRO PRATO DO CHURRASCO

Argentina: miúdos, morcilla e chorizo

Brasil: coração de frango, asinha de frango e linguiça

Os argentinos usam e abusam do chorizo (linguiça que mescla carne de porco e boi); miúdos; e a morcilla, que é uma espécie de chouriço de sangue. Aqui, o que predomina são entradas mais leves, como produtos de frango e a linguiça.

CARNES PRINCIPAIS

Argentina: fraldinha, Bife ancho e de chorizo, costela e maminha

Brasil: picanha, maminha, fraldinha e costela

No churrasco brasileiro, a presença da picanha, maminha, fraldinha e a costela são sempre uma boa pedida para fazer um evento normal. Já nos churrascos argentinos, os cortes que comandam são: o Bife ancho e chorizo; a costela, que normalmente é assada em tiras; a maminha (colita de cuadril); e o vacio, que equivale a nossa fraldinha.

O QUE ACOMPANHA?

Argentina: batata frita, salada, parrillada de verduras, salsa criolla e molho chimichurri

Brasil: farofa, arroz, salada e vinagrete

Farofa, arroz, salada e vinagrete. Esses são acompanhamentos essenciais em qualquer evento brasileiro que envolva um bom churrasco. Para os argentinos, é impossível pensar nesse evento sem batata frita, salada e parrillada de verduras (legumes grelhados), e molhos como a salsa criolla (uma espécie de vinagrete) e molho chimichurri.

QUAL É A BEBIDA?

Argentina: vinho

Brasil: cerveja e caipirinha

Nos eventos de nossos Hermanos, o vinho é a bebida que impera, justamente por oferecer uma harmonização toda especial com os cortes servidos. Já no Brasil, não tem jeito: a cerveja e a caipirinha são as oficiais dos churrascos.

A forma como se faz churrasco reflete um pouco da cultura de cada país! E aí, qual churrasco você gostou?

Crédito: Sociedade da Carne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *